Notícias

Petrobras e usinas pressionam por definição sobre etanol na gasolina
14/08/2012

 

Setor diz que precisa de resposta neste ano, para se planejar

 

DO RIO

A Petrobras pleiteia uma definição do governo até o fim deste ano sobre o aumento da porcentagem de etanol misturada ao combustível.


A estatal defende a elevação dos atuais 20% para 25% -o que reduziria a necessidade de trazer gasolina do exterior, comprada a preço internacional e vendida a um valor mais baixo no país.


Segundo o presidente da Petrobras Biocombustível, Miguel Rosseto, a decisão do governo tem de vir até dezembro, para permitir às usinas ajustar seu mix de produção entre álcool e açúcar.


O presidente interino da associação das usinas, Antonio de Pádua Rodrigues, diz que o setor terá produção suficiente para atender aos 25%, mas também cobrou uma definição rápida do governo, para que as usinas planejem quanto produzirão de álcool anidro (misturado à gasolina) e hidratado (usado diretamente nos veículos).


Fonte: Folha de S.Paulo/Mercado