Notícias

Valor economizado para pagar juros da dívida cai em julho
30/08/2012

 

Valor economizado para pagar juros da dívida cai em julho

 

MARIANA SCHREIBER
DE BRASÍLIA

O volume economizado pelo governo federal para pagar juros da dívida voltou a recuar em julho, refletindo um crescimento mais acelerado das despesas do que das receitas.


O superavit primário somou R$ 3,989 bilhões no mês passado, com queda de 65% em relação ao mesmo mês de 2011 (R$ 11,341 bilhões), informou ontem o Tesouro Nacional.


O secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, não considerou preocupante a redução do saldo. Ele lembrou que as receitas de julho de 2011 foram infladas pelo recolhimento atípico de R$ 5,8 bilhões referente a pagamento de dívidas da Vale após decisão judicial, o que não se repetiu no mês passado.


Mas há também o impacto da desaceleração da economia, que reduziu o recolhimento de tributos sobre a lucratividade das empresas e sobre a produção industrial, por exemplo.


Além disso, o governo tem aberto mão de receita, concedendo desonerações para alguns setores, como o automotivo, com o objetivo de tentar estimular a recuperação da atividade.


Segundo o secretário, haverá recuperação da receita. "Estamos muito confiantes na receita dos próximos meses, inclusive com a recuperação da economia."


O resultado primário acumulado de janeiro a julho deste ano está em R$ 51,9 bilhões, 23% a menos do que nos primeiros sete meses de 2011.


"Esse resultado é inferior ao do ano passado, mas é um resultado absolutamente dentro da previsão de cumprimento da meta", disse Augustin.


Fonte: Folha de S.Paulo/Mercado