Notícias

Bom Prato atinge a marca de 100 milhões de refeições e apresenta novidades
19/12/2012

 

Restaurantes passarão por reformas estruturais para atender à população

 

"Venho um dia sim, um dia não. Vale muito a pena, é só uma moedinha de R$ 1, e a comida é feita por nutricionistas, é 'muito ótimo'!". Assim como Alessandra Gomes dos Santos, muitos frequentadores dos 38 restaurantes Bom Prato em todo o Estado ajudaram a atingir a marca de 100 milhões de refeições servidas desde o ano 2000.


O almoço comemorativo foi realizado na unidade Lapa, que passou por revitalização e teve o piso trocado, além de adequação de sanitários e rampas de acesso, ajustes elétricos e hidráulicos.


A revitalização faz parte dos novos investimentos do Bom Prato anunciados recentemente pelo governador Geraldo Alckmin. Cerca de R$ 8 milhões serão utilizados para o custeio de refeições e para a realização de intervenções estruturais. "O Bom Prato garante às pessoas em trânsito uma refeição de qualidade. Muita gente sai de casa de manhã e só volta à noite", disse Alckmin.


O secretário de Desenvolvimento Social, Rodrigo Garcia, anunciou que algumas unidades passarão a abrir mais cedo a partir do próximo ano. "Pessoas do atendimento preferencial, especialmente idosos e crianças chegam aos restaurantes por volta das 10h, então as entidades que gerenciam as unidades passarão a servir o almoço a partir das 10h30".


Leonilda Ruslo frequenta a unidade Lapa há dez anos e aprova o restaurante. "A refeição aqui é muito boa e as pessoas aqui também são muito atenciosas", diz.


Do Portal do Governo do Estado