Notícias

Casa Guarujá será palco de filme nacional
04/03/2012

 

Filme retrata o cotidiano da internação provisória de um adolescente que cometeu ato infracional

 

Dom, 04/03/12 - 17h00

Os ambientes da Fundação Casa Guarujá, no litoral paulista, será um dos cenários do filme De menor, um longa-metragem da Tangerina Entretenimento e dirigido pelas cineastas Tata Amaral e Caru Alves de Souza, que conta a história de dois jovens irmãos que acabaram de perder os pais. As gravações no centro socioeducativo estão previstas para acontecer nos dias 1º e 2 de março.


De acordo com Ronald Kashima, diretor de produção, as filmagens do longa começaram no dia 8 de fevereiro e a estreia está prevista para o próximo ano. Dois ex-internos da Fundação CASA já participaram das gravações.


Serão utilizados três ambientes do centro de atendimento socioeducativo para retratar parte da história: a portaria, o andar superior da unidade de internação provisória e um dos refeitórios. A intenção é mostrar um pouco do cotidiano de um adolescente que está na internação provisória da instituição - o período de até 45 dias em que o jovem aguarda a sentença do juiz.


A unidade já foi cenário para outros dois curta-metragens: o Coelho Lalau, exibido no Festival de Cinema Experimental Curta a Vida, de 2009, realizado no Guarujá, e Do porque a para que contar histórias, exibido durante a cerimônia de premiação do 6º Concurso "Causos do ECA", da Fundação Telefônica, sobre histórias verídicas de aplicação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).


"É importante ampliar a visão da sociedade sobre o trabalho realizado hoje na Fundação CASA, desmistificando a imagem de Febem", afirma o diretor da Divisão Regional Litoral, João Carlos do Espírito Santo. "A aproximação do cinema nos leva a enxergar parte da evolução e da aprendizagem da instituição", completa.


Sinopse


De menor conta a história de Helena e Caio, dois irmãos que acabaram de perder os pais. Helena é recém-formada e trabalha na Vara da Infância e da Juventude de Santos. Ela tem a guarda do irmão, que é menor de idade.


Helena não tem interesse nos casos que acompanha, mas isso muda quando se vê obrigada a defender seu próprio irmão. Em sua jornada, Helena conta com o apoio de Paulo, o promotor do Fórum que, apesar de estar em uma posição diametralmente oposta a Helena, se sensibiliza com sua história.


As diretoras


Com mais de 20 anos de carreira, Tata Amaral produziu diversas obras audiovisuais que hoje são patrimônio do cinema nacional. Seu filme Antônia gerou a minissérie homônima exibida na Rede Globo e indicada ao Emmy. O primeiro longa-metragem de Tata, Um Céu de Estrelas, foi reconhecido pela crítica como um dos três filmes mais importantes da década de 90. A cineasta estreou o filme Hoje no Festival de Brasília, conquistando seis prêmios, entre eles o de Melhor Filme.


Caru Alves de Souza recebeu dois prêmios pelo curta-metragem Assunto de Família no Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo. Seu último curta, O Mundo de Ulim e Oliut, foi aclamado no Festival do Rio de Janeiro. Caru também dirigiu documentários para a TV Cultura. De Menor será sua estreia em longas-metragens.


Da Fundação Casa


Fonte: Portal do Governo SP