Notícias

Conheça os programas da rede estadual que incentivam a alimentação saudável na infância
12/10/2013

 

Com Meu Pratinho Saudável e Programa Alimentação Saudável, Estado estimula hábitos alimentares corretos nas crianças em idade escolar

 

Por meio dos programas Meu Pratinho Saudável e Alimentação Saudável, os alunos em idade escolar da rede estadual de ensino são orientados desde cedo a introduzir alimentos ricos em nutrientes ao seu dia a dia. A medida tem uma meta bem definida: que as crianças tenham uma vida adulta mais saudável.

O Meu Pratinho Saudável é uma ação das secretarias da Saúde e da Educação voltada para crianças de seis meses a 12 anos. Em 2013, o programa deverá chegar a 130 escolas de 28 diretorias de ensino na capital e Grande São Paulo. Um dos principais conceitos da ação prevê que nas refeições principais, a metade do prato da criança seja preenchida com verduras e legumes (crus e cozidos).

Dicas

A composição do prato deve ter ainda 1/4 de alimento rico em proteínas (carne vermelha, frango, peixe, ovos), complementado com leguminosas como feijão, grão de bico, soja, lentilha. O outro 1/4 é reservado para carboidratos, de preferência em sua forma integral como arroz, massas, batatas, mandioca, mandioquinha, farinhas.

O café da manhã e os lanches devem conter pelo menos um alimento rico em proteínas (iogurtes, queijos magros, leite desnatado, leite de soja sem açúcar, queijos processados reduzidos em gorduras, leite fermentado, ovo, peito de peru); um alimento rico em carboidratos, de preferência fonte de fibras (torradas, pães, biscoitos de fibras, cookies integrais, barras de cereal, cereal integral) e um alimento de origem vegetal, como uma fruta.

Programa Alimentação Saudável

Lançado em janeiro de 2013, o programa Alimentação Saudável foi implantado com o intuito de capacitar professores e merendeiras e promover uma mudança no cardápio dos estudantes. A ação vai alcançar 92 mil alunos, em 128 escolas estaduais da capital e Grande São Paulo.

As universidades que oferecem curso de nutrição podem fazer convênios com a Secretaria da Educação para estágio supervisionado de seus estudantes nas escolas estaduais. No Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, crianças com obesidade recebem tratamento no Ambulatório de Obesidade.

Do Portal do Governo do Estado