Notícias

Médicos de SP que atuarem na periferia terão 30% de bônus no salário
18/10/2013

 

Além da bonificação, também foram anunciadas 600 novas vagas para residência médica

 

No Dia do Médico, boas novidades foram anunciadas na área da saúde nesta sexta-feira, 18. Os médicos que atuarem em regiões de difícil acesso terão gratificação de 30% no salário. "Onde há dificuldade de contratar médicos, nós vamos ter uma gratificação pelo local, para não faltarem médicos nas periferias e em algumas regiões no interior", explicou o governador Geraldo Alckmin.

Os funcionários administrativos da saúde que decidirem aumentar a carga horária de 30 para 40 horas também receberão um aumento de 25% no salário. "Nós vamos ter um grande ganho de recursos humanos e de pessoal na área de apoio na saúde", ressaltou Alckmin. Cerca de 22 mil servidores terão direito à escolha da jornada, cujo teto salarial pode chegar a R$ 5 mil.

Além disso, também foram anunciadas 600 novas vagas para residência médica em hospitais estaduais, em especialidades como ortopedia, pediatria e obstetrícia. "Este é uma grande salto de qualidade. Essas vagas serão para as especialidades e áreas em que mais faltam profissionais", disse o governador. Com a medida, serão 6.134 residentes para um total de R$ 227,5 milhões por ano.

As ações foram divulgadas na inauguração do Centro de Pesquisa Clínica, com doze novos consultórios, e da nova biblioteca do Incor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas). Com investimento de R$ 4,7 milhões, o local abrigará 1.000 estudos clínicos para desenvolver, por exemplo, vacinas contra HIV e febre reumática. Já o acervo da biblioteca, é ricamente equipado com recursos interativos. "É a biblioteca [médica] mais moderna do país", concluiu.

Do Portal do Governo do Estado