Notícias

Agência manda a Eletropaulo restituir R$ 626 mi aos clientes
18/12/2013

 

Aneel vê cobrança irregular na conta; distribuidora vai recorrer

 

DE BRASÍLIA

A Eletropaulo terá de restituir R$ 626 milhões a seus clientes por ter cobrado valores de forma irregular na conta de luz, decidiu a Aneel. A empresa ainda pode recorrer na própria agência.

A distribuidora, que serve a capital paulista e municípios da região metropolitana, atende 6,6 milhões de casas e 17 milhões de consumidores.

De acordo com a agência reguladora, a Eletropaulo contabilizou gastos com 246 quilômetros de cabos de alumínio que, na verdade, não existiam. Com isso, inflou sua remuneração por meio da tarifa de energia cobrada dos consumidores entre os anos de 2002 e 2011.

Os desembolsos feitos pelas concessionárias em sua rede de infraestrutura são levados em conta na hora de calcular o reajuste da tarifa.

A devolução do valor será parcelada ao longo dos próximos quatro anos no reajuste da tarifa de energia. Na prática, a conta da Eletropaulo subirá um pouco menos.

Em nota, a Eletropaulo afirmou que "tomará as medidas legais cabíveis para reverter a decisão da Aneel". (RA)

Folha de S. Paulo