Notícias

Aprovado piso salarial de R$ 810 para o Estado de São Paulo
18/12/2013

 

Aumento passa a valer para três faixas de trabalhadores

 

Os deputados paulistas aprovaram na manhã desta terça-feira, 17/12, o Projeto de Lei 911/2013, de autoria do governador, que aumenta os pisos salariais dos trabalhadores no Estado de São Paulo. Dessa forma, a partir de 1º/1/2014, os trabalhadores da iniciativa privada cuja atividade se enquadre na faixa que inclui domésticos, agropecuários e florestais, pescadores, contínuos, serventes, motoboys e demais empregados não especializados do comércio, da indústria e de serviços administrativos, passaram a receber, no mínimo, R$ 810. Para uma outra faixa, que inclui, por exemplo, operadores de máquinas, carteiros, tintureiros, vendedores, pedreiros, operadores de telemarketing, o piso no Estado a partir de janeiro será R$ 820.

Durante a sessão extraordinária desta manhã, os parlamentares aprovaram também o Projeto de Lei Complementar 57/2013, também do Executivo, que concede abono aos servidores das secretarias de Estado, da Procuradoria-Geral e das autarquias.

A propositura atualiza os valores da Lei Complementar 1.194/2013, no que diz respeito à concessão de abono, quando a retribuição global mensal do servidor for inferior a R$ 842 em jornada completa de trabalho; R$ 631,50, em jornada comum de trabalho, e de R$ 421, em jornada parcial de trabalho.

DOE, Legislativo, 18/12/2013, p. 7