Notícias

Consumidor recebe sacola reutilizável grátis em São Paulo
15/03/2012

 

Ação hoje faz parte de acordo firmado por supermercados com Promotoria e Procon

 

CLAUDIA ROLLI
DE SÃO PAULO

Supermercados de São Paulo vão distribuir hoje, Dia do Consumidor, 6 milhões de sacolas reutilizáveis em 2.600 lojas do Estado. Quem comprar no mínimo cinco itens terá direito a uma sacola reutilizável gratuita.


A distribuição será feita por 1.200 empresas filiadas à Apas (Associação Paulista de Supermercados) em todo o Estado e faz parte de acordo firmado no mês passado com Ministério Público Estadual e Procon-SP na campanha pela substituição das sacolinhas plásticas descartáveis.


"Reduzimos em 80% o uso das sacolas descartáveis no Estado de São Paulo. A adesão à campanha mostra que o consumidor está disposto a contribuir para melhorar as condições do ambiente", diz João Sanzovo, diretor de Sustentabilidade da Apas.


Antes de a campanha ser iniciada eram usados 2,5 bilhões de sacolas descartáveis mensalmente nos supermercados, segundo o diretor.


TROCA


Durante seis meses, os supermercados também farão a troca das sacolas reutilizáveis distribuídas hoje, caso fiquem danificadas. A troca será feita quantas vezes forem necessárias.


A ação está prevista no TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) assinado em 3 de fevereiro com a Promotoria e o órgão de defesa do consumidor para fornecer alternativas para as sacolinhas descartáveis até 3 de abril.


O termo é um acordo extrajudicial para evitar disputas na Justiça e prevê regras de transição para o fim da distribuição gratuita de sacolinhas plásticas descartáveis nos supermercados, medida que vigorava desde 25 de janeiro.


RECICLAGEM


A Apas discute agora com empresas fornecedoras de plástico (usado na fabricação das sacolinhas) parcerias para fazer a reciclagem das sacolas reutilizáveis.


"Não adianta simplesmente trocar a descartável pela reutilizável e não garantir a destinação correta para essas novas sacolas", diz Sanzovo.


O assunto é fonte de embates entre os supermercados e a indústria do plástico. Na semana passada, a pedido da Plastivida (Instituto Sócio Ambiental dos Plásticos), o Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) suspendeu a campanha "Vamos Tirar o Planeta do Sufoco", feita pela Apas.


"É uma tentativa de propaganda enganosa. A campanha diz que a sacola é descartável, quando é reutilizada, comprovadamente por pesquisas feitas com a população", afirma Jorge Kaimoti, advogado da Plastivida.


Fonte: Folha de SPaulo/Mercado