Notícias

Escolas Estaduais recebem quase R$ 8 mil cada para investir em reparos necessários
16/01/2014

 

Programa “Trato na Escola” investe R$ 40 milhões para preparar as cinco mil escolas do Estado para o início do ano letivo

 

Um "Trato na Escola" será dado nas cinco mil unidades estaduais de São Paulo. O Programa, que teve início nesta quinta-feira, 16, investirá um total de R$ 40 milhões para reformas e ações rápidas para preparar os prédios para o início do ano letivo de 2014. A Secretaria da Educação vem desde o dia 10 realizando repasses de R$ 7,9 mil para que cada escola fique responsável por contratar os serviços de reforma, adequação, consertos e instalações de equipamentos.

"São R$ 40 milhões para pequenos reparos, ajardinamentos, pintura, higienização, enfim, para deixar a escola arrumadíssima para o início das aulas no dia 27 de janeiro. Dá R$ 8 mil por APM (Associação de Pais e Mestres) que verifica como gastar o dinheiro", afirmou o governador após dar início às reformas necessárias pintando uma das paredes da quadra da Escola Estadual Antônio Alves Cruz, em Pinheiros, na capital.

O secretário da Educação, Herman Voorwald, afirmou que o Trato na Escola é "uma ação muito digna, que passa um recurso para que a escola use dentro de suas prioridades, viabilize ações que permitam receber o jovem e a criança no dia 27". Algumas unidades podem inovar e usar a verba para grafitar muros ou levar outros conceitos artísticos à unidade.

Calendário escolar 2014

Para 2014, a Secretaria da Educação elaborou um calendário escolar especial. No ano da Copa do Mundo, o início das aulas foi antecipado para 27 de janeiro, assim como as férias do meio do ano, que acontecem entre 12 de junho e 13 de julho, período de realização dos jogos. Os 200 dias letivos estão mantidos. Em outubro, os alunos terão um recesso escolar de uma semana, entre os dias 13 e 19. Já o término das aulas está programado para a segunda quinzena de dezembro, de acordo com o cronograma de cada escola.

Do Portal do Governo do Estado