Notícias

Projeto implantado em biblioteca no Rio promove inclusão por meio da arte
02/01/2012

 

A conjugação de uma boa gestão pública e do apoio da população pode promover a inclusão social e o enriquecimento cultural das pessoas, de forma lúdica  e gratuita. Esse é o resultado do projeto Estação Pensamento e Arte, implantado pela prefeitura do Rio de Janeiro, em agosto, na Biblioteca Popular de Botafogo.


A proposta foi transformar a biblioteca em um centro cultural onde são oferecidos ao público diversos eventos, incluindo ciclos de palestras, seminários, concertos, exposições, cineclubes e cursos, entre outros, sempre gratuitamente. Somente no segundo semestre de 2011, foram oferecidos oito cursos com a participação de 387 pessoas.


“Esse é o diferencial entre a biblioteca de Botafogo e outras instituições”, acredita a curadora do projeto, Suzana Vargas. “Você tem, aqui, uma programação de qualidade e gratuita. Eu não vejo isso ocorrer em outras bibliotecas, com a diversidade de temas e ações, porque nós trabalhamos com um espectro muito amplo. Temos música, artes. Não é só o livro e a leitura. A Biblioteca de Botafogo está com uma programação diferenciada em relação a outras bibliotecas.”


A ideia, enfatizou a curadora, é transformar a biblioteca em um espaço “além do estudo e pesquisa, mas também de diversão, de lazer e aprendizagens diversificados”. Muitos cursos têm o caráter profissionalizante.


Suzana Vargas avaliou que essa é uma maneira de disseminar a cultura entre a população. “É um processo de iniciação das pessoas na apreciação das artes em geral.”


Tiveram lotação esgotada, por exemplo, o workshop sobre leitura, coordenado pela escritora Marina Colasanti, e a apresentação do violoncelista Ricardo Santoro. O projeto levou ao público encontros com o jornalista e crítico musical João Máximo, os escritores Milton Hatoum e Frei Betto, o ilustrador Cisko Diz, o crítico de cinema Rodrigo Fonseca e o professor e pesquisador musical Ricardo Soneto.


O convênio com a prefeitura do Rio, que permite a realização do projeto Estação Pensamento e Arte na Biblioteca Popular de Botafogo, foi renovado e permitirá a continuidade das atividades a partir de março de 2012.


Fonte: Jornal do Brasil