Notícias

Nível do sistema Cantareira volta a cair em São Paulo
05/03/2014

 

O nível do sistema Cantareira, responsável pelo abastecimento de água em parte de São Paulo e da região metropolitana, voltou a cair esta quarta-feira (5), mesmo com o registro de chuvas nos últimos dias. No sábado (1), o reservatório tinha registrado o primeiro aumento em quatro meses e o volume do sistema chegou a 16,6%.

Hoje, porém, o volume do sistema voltou para os 16,1%. O sistema Cantareira opera no pior nível da história.

A seca nos últimos meses colocou a Grande São Paulo em estado de alerta. Na semana passada, um grupo técnico que acompanha o nível de abastecimento no Cantareira recomendou redução no volume de retirada de água dali -há a hipótese de rodízio em alguns bairros da capital.

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) disse na sexta-feira (28) passada que a Sabesp não tem um plano de racionamento de água para a Grande São Paulo. A situação do sistema Cantareira será monitorada neste mês, afirma.

De acordo com o governo do Estado, a previsão meteorológica indica que as chuvas voltarão à média ainda durante o mês de março.

O sistema é o maior da Grande São Paulo e abastece as regiões norte e central e parte das zonas leste e oeste da capital, além dos municípios de Franco da Rocha, Francisco Morato, Caieiras, Osasco, Carapicuíba e São Caetano do Sul, mais parte de Guarulhos, Barueri, Taboão da Serra e Santo André.

Folha de S. Paulo