Notícias

Bairros da zona oeste têm surto de dengue
03/04/2014

 

Só a Lapa e o Jaguaré somam 1/3 dos casos

 

BRUNO ABBUD
DE SÃO PAULO

Os distritos da Lapa e do Jaguaré, na zona oeste de capital paulista, vivem uma explosão de casos de dengue e concentram quase um terço das ocorrências da cidade no primeiro trimestre deste ano.

Até o dia 25 de março, a Secretaria Municipal da Saúde confirmou 751 casos --267 só na Lapa e no Jaguaré. O total é 27% menor do que os registros no mesmo período do ano passado (1.035 casos).

Esses são os dados mais recentes disponíveis na secretaria. Porém, a Folha apurou que a pasta divulgará hoje novo balanço, que mostra avanço da dengue nos últimos dias.

No Jaguaré, o número de casos confirmados já é nove vezes maior do que o total registrado em 2013 no distrito --foram 169 entre janeiro e março e apenas 19 durante todo o ano passado. Na Lapa, foram 98 casos --cinco vezes o total de 18 ocorrências contabilizadas no ano passado.

Um dos principais focos é a rua Sepetiba. Lá, a reportagem contou na semana passada oito pessoas infectadas em um trecho de cem metros.

"Eu peguei, meu pai pegou e minha mãe está no hospital agora", diz a estudante Mariana Barbosa, 18.

Segundo a secretaria de Saúde, equipes da Covisa (Coordenação de Vigilância em Saúde) fizeram bloqueio de criadouros e pulverização de larvicida na região em fevereiro. Além disso, há visitas programadas para a semana que vem na Lapa.

No Jaguaré, diz a pasta, houve nebulização por três dias seguidos na segunda quinzena de março.

De acordo com a prefeitura, há 2.700 agentes de zoonoses para as visitas de combate à dengue na cidade.

Folha de S. Paulo