Notícias

Chuva no fim de semana em SP não alivia crise da água
14/04/2014

 

Nível do sistema Cantareira subiu 0,1%; previsão é de chuva até quarta

 

e a próxima época de chuvas não tiver precipitação acima da média, 2015 poderá ser ainda mais crítico

DE SÃO PAULO
Apesar do bom volume de chuva registrado sobre os reservatórios do sistema Cantareira no fim de semana, a situação em termos de abastecimento público de água continua crítica. De sábado para domingo, a capacidade das seis represas do Cantareira subiu de 12% para 12,1%.

O índice continua mui- to abaixo do ideal para uma época naturalmente seca, como é o outono. Ontem, choveu 34,3 mm nas re- presas que abastecem metade da Grande São Paulo.

Isso já representa 60% do acumulado de chuva neste mês. A previsão indica possibilidade de chuva até a quarta-feira. Mas, mesmo que chova muito, a situação de calamidade vai continuar.

O nível de água dos reservatórios, que nesta época do ano deveria estar acima dos 60%, não deve chegar a esse patamar antes do início de setembro, segundo previsões.

Para que as torneiras não fiquem secas antes das eleições de outubro, quando o governador Geraldo Alckmin (PSDB) tentará a reeleição, só o uso do volume morto (água na parte profunda das represas) poderá dar segurança aos consumidores. O governo afirma que as obras para isso ficam prontas em maio.

Folha de S. Paulo