Notícias

Pena por morte em racha pode chegar a dez anos de prisão
13/05/2014

 

DE BRASÍLIA - A presidente Dilma Rousseff sancionou ontem lei que eleva para até dez anos a pena de prisão para motoristas que provocarem mortes ou lesões corporais graves ao participar de rachas.

A lei aumenta em dez vezes o valor das multas, podendo chegar a R$ 1.915,40. A cobrança dobra em caso de reincidência.

Se a colisão provocar morte, o motorista poderá ser punido com cinco a dez anos de prisão; no caso de lesão corporal grave, a pena é de três a seis anos.

As novas punições entrarão em vigor daqui a seis meses.

Folha de S. Paulo