Notícias

SP terá acesso a dados de cartórios para investigar corruptos
11/06/2014

 

DE SÃO PAULO - A CGM (Controladoria Geral do Município) fechou convênio para ter acesso aos dados dos cartórios de São Paulo. O objetivo do órgão é monitorar o patrimônio de servidores suspeitos de enriquecimento ilícito.

A parceria com o Centro de Estudos e Distribuição de Títulos e Documentos de São Paulo possibilitará também a análise de procurações e de outros documentos que envolvam os chamados "laranjas" em esquemas de desvio de verbas municipais.

Os funcionários públicos municipais terão até dia 16 de junho para declarar bens e valores em um sistema eletrônico da prefeitura.

O acesso ao sistema dos cartórios possibilitará também a checagem da veracidade desses dados.

Antes da implantação do sistema, o ex-diretor de aprovação de projetos da prefeitura, Hussain Aref Saab, acumulou pelo menos 106 imóveis de 2005 a 2012, como a Folha revelou. Aref é investigado, mas nega as acusações.

Folha de S. Paulo