Notícias

Obras da Linha 6 – Laranja iniciam no segundo semestre deste ano
26/06/2014

 

Nesta quinta, Geraldo Alckmin assinou contrato com o BNDES para parte do financiamento da construção

 

As obras de implantação da Linha 6-Laranja devem iniciar no segundo semestre de 2014. Sob responsabilidade do Consórcio Move São Paulo, a construção da nova linha de Metrô será realizada por meio da primeira PPP (Parceira Público Privado) integral na área de transportes.

Nesta quinta-feira, 26, o governador Geraldo Alckmin e o presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, assinaram contrato de financiamento de R$ 1,7 bilhão que irá compor os 50% do aporte financeiro do Estado de São Paulo. O valor total é de R$ 9,6 bilhões, sendo que R$ 8,9 bilhões são divididos entre o Governo do Estado (50%) e o consórcio (50%). Os outros R$ 673 milhões são referentes às desapropriações que serão executadas pelo Estado.

"A Linha 6 é importante e será uma das maiores de São Paulo. Ela vai percorrer quase 16 km, sai de São Joaquim, na Liberdade, e vai até a Brasilândia. Esse financiamento assinado hoje é importantíssimo porque vai nos ajudar a cumprir a nossa parte na PPP", disse Alckmin.

O contrato firmado pelo Governo do Estado com o consórcio responsável, assinado em dezembro do ano passado, tem vigência de 25 anos, contando os seis para implantação da linha e mais 19 para operação e manutenção, que inclui o pátio de manobra, aquisição de sistemas operacionais e a compra de uma frota de 23 trens.

Está previsto para esta linha, a demanda de 633,6 mil passageiros/dia, beneficiando ainda alunos de muitas universidades, como Unip (Universidade Paulista), PUC (Pontifícia Universidade Católica), Faap (Fundação Armando Álvares Penteado), Mackenzie e FMU (Faculdade Metropolitanas Unidas). Por essa razão, já é conhecida como a "linha das universidades".

Do Portal do Governo do Estado