Notícias

Senadores aprovam fim de salários extras na Casa
28/03/2012

 

Congresso 1


DE BRASÍLIA - A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou ontem o projeto que acaba com os 14º e 15º salários aos parlamentares.


O texto, no entanto, ainda precisa passar pelo plenário da Casa e, depois, pela Câmara dos Deputados para que o benefício seja extinto.


O projeto foi aprovado por unanimidade, mas o senador Cyro Miranda (PSDB-GO) protestou contra o que chama de "baixo salário" pago aos congressistas -que ganham R$ 26,7 mil por mês.


"Não vivo do salário de senador, mas tenho pena daquele que é obrigado a viver com R$ 19 mil líquido com a estrutura que temos aqui", disse.


O senador Ivo Cassol (PP-RO), que na semana passada suspendeu a votação do tema ao afirmar que "político no Brasil é muito mal remunerado", não estava presente na votação de ontem, mas encaminhou voto por escrito declarando-se favorável à proposta.


O projeto prevê o pagamento apenas no início e no final do mandato parlamentar.


Fonte: Folha de SPaulo/Poder