Notícias

Com tapumes, USP Leste volta a receber aulas após 6 meses
19/08/2014

 

DE SÃO PAULO - Após seis meses de interdição, a USP Leste retomou nesta segunda-feira (18) as aulas em seu campus.

A contaminação de parte do terreno, que motivou a interdição, continua, mas a área está cercada por tapumes.

"Os coordenadores passaram nas salas dizendo para não entrarmos na área cercada", diz Nathalia Vicino, aluna de marketing. Outra área contaminada, conhecida como "chaminé", não foi cercada porque não tem circulação de pessoas, diz a USP.

Foram alugadas 23 bombas para a retirada de gás metano do solo. Para um membro da comissão ambiental da USP, que pediu para não ser identificado, a reabertura foi precipitada porque testes que mostrariam o grau de contaminação não foram realizados.

Folha de S. Paulo