Notícias

Empresas querem fim de adicional pago ao fundo
05/09/2014

 

CLAUDIA ROLLI
DE SÃO PAULO

Indústria e comércio voltaram a defender o fim da cobrança adicional de 10% paga pelas empresas ao FGTS em demissões sem justa causa, após o governo apresentar proposta para pagar, em 30 meses, dívida de R$ 10 bilhões com o fundo.

As centrais sindicais, por sua vez, defendem o uso dos recursos que a Fazenda devolver ao caixa do FGTS para criar um fundo anticrise.

Os 10% adicionais na multa do FGTS foram criados em 2001 para pagar dívida do fundo com trabalhadores lesados por planos econômicos. Desde 2008, como revelou a Folha em 2012, o valor tem engordado as contas do Tesouro. O total recolhido até 2008 foi suficiente para cobrir despesas com a correção devida às trabalhadores.

Folha de S. Paulo