Notícias

Suspeita de dengue deve ser notificada em 24 h em SP
19/11/2014

 

Cidade teve surto da doença neste ano

 

DE SÃO PAULO

A Prefeitura de São Paulo determinou que serviços públicos e particulares devem notificar em até 24 horas a Secretaria Municipal de Saúde sobre casos suspeitos de dengue e chikungunya --doença "prima" da dengue transmitida pelo mesmo mosquito.

Neste ano, a cidade enfrentou um surto de dengue --foram 27.721 casos confirmados, segundo a própria prefeitura.

A gestão avalia que, neste ano, os casos suspeitos ou confirmados demoraram a ser notificados à administração municipal. Isso dificultou o combate à doença, pois a prefeitura não sabia claramente o número de casos na cidade.

"Em setembro descobrimos casos que foram confirmados em julho", diz o secretário da pasta José de Filippi Junior. Ele não informou se haverá punições a quem descumprir a portaria.

Para 2015, uma das preocupações é o aumento do armazenamento de água por causa da crise hídrica. A larva do Aedes aegypti, mosquito que transmite a dengue, se desenvolve na água limpa.

"Temos que redobrar a atenção nesses casos e pedir para que as pessoas tenham o mesmo cuidado que têm com as caixas-d'água, que devem sempre permanecer fechadas", diz Filippi.

Folha de S. Paulo