Notícias

Velocidade no centro cairá para 40 km/h
12/12/2014

 

Medida será implantada em vias como São João, Rio Branco, Nove de Julho e Consolação a partir de segunda (15)

 

Em outros trechos, motoristas não poderão passar de 50 km/h; mudança visa reduzir atropelamentos

DE SÃO PAULO
DO "AGORA"

A velocidade máxima permitida de algumas das principais avenidas da região central de São Paulo será reduzida para 40 km/h a partir da próxima segunda-feira (15).

Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), a medida visa a garantir maior segurança no trânsito --em especial, evitar mortes de pedestres e ciclistas.

O novo limite valerá para as avenidas Cásper Líbero, Rio Branco, São João, Ipiranga, Nove de Julho, Brigadeiro Luís Antônio e Liberdade, além da rua da Consolação.

A velocidade máxima permitida também será reduzida em outras vias. Nas avenidas Rangel Pestana e Senador Queirós, por exemplo, os motoristas não poderão ultrapassar os 50 km/h.

A redução faz parte do projeto "Área 40", que começou em outubro de 2013. O limite já foi implantado em áreas da Lapa (zona oeste), Santana (zona norte), Moema (zona sul) e Penha (zona leste).

Com a inclusão do centro, o total de área com limite de velocidade menor na cidade será de 10,2 km².

Para Luiz Vicente Figueira, professor do Mackenzie e especialista em mobilidade urbana, a mudança deveria ser precedida de uma política de educação no trânsito.

"É preciso visar a parte educacional antes de penalizar. Sem uma campanha, não há adesão e as pessoas ficam indignadas quando recebem uma multa", exemplifica.

PELO MUNDO

O limite de 40 km/h já foi adotado em cidades como Nova York, nos EUA. Lá, a redução afeta 95% das ruas.

A medida começou em novembro, com a meta de zerar, em dez anos, as mortes por atropelamento. Em 2013, foram 156 ocorrências.

No mesmo período, na capital paulista, 514 pessoas morreram atropeladas.

MARGINAIS

Segundo o secretário dos Transportes, Jilmar Tatto, a velocidade nas marginais Tietê e Pinheiros será reduzida ainda no próximo semestre.

O limite das pistas expressas cairá de 90 km/h para 70 km/h. Já o das pistas locais, de 70 km/h para 60 km/h.

Para a prefeitura, ações anteriores tiveram efeito. Em 2009, um ano após redução para 90 km/h nas pistas marginais, o número de mortes caiu 55,6% na Anchieta.

Folha de S. Paulo