Notícias

Haddad renova por dois anos contrato de varrição de ruas
16/12/2014

 

DE SÃO PAULO - A prefeitura desistiu de abrir licitação e renovou por dois anos, nesta segunda (15), o contrato de R$ 840 milhões da varrição de rua.

A prefeitura chegou a fazer audiência pública para contratar novas empresas, com estimativa de R$ 11 milhões a menos que o gasto por ano hoje.

A Amlurb (Autoridade Municipal de Limpeza Urbana) afirma que chegou a um acordo com as empresas Soma e Inova, responsáveis pelo serviço.

De acordo com o presidente da Amlurb, Silvano Silvério da Costa, foi incluída no novo contrato a intensificação da operação cata-bagulho. Também deve ser aumentado o índice de reposição de lixeiras.

O atual contrato, de 2011, foi herdado da gestão Gilberto Kassab (PSD).

Folha de S. Paulo