Notícias

Teste da linguinha em recém-nascidos passa a ser obrigatório
23/12/2014

 

DE SÃO PAULO - A partir desta semana, hospitais e maternidades das redes pública e privada passam a ser obrigados a fazer o chamado teste da linguinha em recém-nascidos. A determinação foi criada pela lei 13.002/2014. As informações são da Agência Brasil.

O objetivo do exame é detectar alterações no chamado frênulo (também conhecido como freio), membrana que liga a língua à parte inferior da boca.

A alteração pode gerar a chamada língua presa. Os problemas vão além da dificuldade na fala, pois a alimentação dos recém-nascidos também pode ser prejudicada. Apesar de a lei ser considerada um avanço, a pediatra Patrícia Salmona, da Sociedade Brasileira de Pediatria, lembra que há graus diferentes de língua presa. "As que não têm indicação cirúrgica poderiam ser mandadas sem necessidade [para cirurgia]."

Folha de S. Paulo