Notícias

Piso de professores aumenta 13% e vai a R$ 1.917
07/01/2015

 

Valor se refere a jornada de 40 h semanais; gestores querem alterar cálculo do reajuste

 

FLÁVIA FOREQUE
DE BRASÍLIA

O piso nacional dos professores da educação básica terá um reajuste de 13,01%, saltando dos atuais R$ 1.697 para R$ 1.917,78. O aumento foi divulgado nesta terça (6) pelo Ministério da Educação. Em 2014, o reajuste foi de 8,34%.

Isso significa que nenhum docente da rede pública do país, com jornada de 40 horas semanais, poderá ter remuneração abaixo desse valor.

Segundo estudo da CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação), do ano passado, 10 Estados ainda pagam abaixo do piso.

Pela lei, o reajuste tem como base o crescimento anual do custo por aluno dos anos iniciais do ensino fundamental no Fundeb, fundo nacional que financia o ensino público.

Gestores defendem a alteração desse modelo para não comprometer o orçamento de Estados e municípios.

Nos últimos dois dias, o tema foi discutido em reuniões do ministro da Educação, Cid Gomes (Pros), com entidades que representam os Estados, municípios e trabalhadores.

Em 2011, o Supremo Tribunal Federal concluiu ser constitucional a lei que definiu o reajuste do piso, após questionamento de cinco Estados, entre eles o Ceará, onde Cid Gomes era governador.

Folha de S. Paulo