Notícias

Sudeste terá estrutura de segurança integrada
08/01/2015

 

Modelo da Copa contra o crime deve ser usado

 

AGUIRRE TALENTO
DE BRASÍLIA

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, anunciou nesta quarta (7) a criação de uma estrutura integrada de segurança pública entre os Estados do Sudeste e a realização de uma operação policial contra o crime organizado.

Segundo o ministro, a estrutura deve seguir o modelo da Copa do Mundo, com integração entre Ministério da Justiça, Ministério da Defesa e Casa Civil, secretarias estaduais de segurança, superintendentes da Polícia Federal e comando das Forças Armadas.

As ações se somam à iniciativa do governo federal de mudar a Constituição para incluir a União como responsável por também atuar na segurança estadual. Uma proposta é discutida no governo e, segundo o ministro, deve ser enviada ao Congresso em fevereiro.

O ministro se reuniu com os governadores de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo antes do anúncio. Ele afirmou que quer ter, até o fim do primeiro semestre deste ano, todas as regiões do país integradas neste centro de segurança pública.

Cardozo, porém, não detalhou a integração. Segundo ele, será encaminhada aos secretários de segurança uma sugestão de como funcionaria a estrutura de segurança permanente. Há uma reunião prevista no Rio ainda este mês para tratar novamente do tema.

Folha de S. Paulo