Notícias

Primeiro livro para adultos de J.K. Rowling terá ‘humor obscuro’
13/04/2012

 

Obra da autora inglesa estará disponível mundialmente em inglês a partir do dia 27 de setembro

 

12 de abril de 2012 | 17h 05










Reuters





Obra da autora inglesa estará disponível em setembro - Joel Ryan/AP

Joel Ryan/AP

Obra da autora inglesa estará disponível em setembro

O primeiro livro para adultos de J.K. Rowling será um romance de "humor obscuro" ambientado em uma idílica cidade inglesa, onde nada é o que parece, anunciou sua editora na quinta-feira.

O título original do romance de 480 páginas da bem-sucedida autora de Harry Potter será The Casual Vacancy. Estará disponível mundialmente em inglês no dia 27 de setembro nos formatos capa dura, e-book e áudio, afirmou a editora Little, Brown and Company em comunicado.

A editora prometeu que será "obscuramente cômico, provocante e constantemente surpreendente" e deu alguns detalhes gerais sobre o enredo.

A investida de Rowling no mundo da ficção adulta começa quando um personagem chamado Barry Fairweather morre de repente, deixando a cidade de Pagford em choque, antes de os leitores perceberem que por trás da fachada de Pagford está uma cidade em guerra, segundo a editora.

"Ricos em guerra com pobres, adolescentes em guerra com os pais, mulheres em guerra com seus maridos, professores com seus alunos... Pagford não é o que a princípio parece", afirmou a editora em comunicado.


"O lugar vazio deixado por Barry no conselho da paróquia logo se torna o catalisador para a maior guerra que a cidade já viu. Quem triunfará em uma eleição carregada de paixão, duplicidade e revelações inesperadas?"


Quando o livro foi anunciado pela primeira vez, em fevereiro, Rowling, de 46 anos, disse que a série de sucesso Harry Potter havia dado a ela "liberdade para explorar novos territórios". A série de sete livros vendeu 450 milhões de cópias ao redor do mundo e resultou em oito franquias com altos faturamentos para o cinema.


The Casual Vacancy é o primeiro livro da autora britânica voltado para o mercado adulto.

Fonte: Estadão.com.br/Cultura