Notícias

Vereadores aprovam cessão de terreno ao Instituto Lula em SP
19/04/2012

 

Projeto ainda precisa passar por segunda votação na Câmara

 

A Câmara Municipal aprovou ontem, em primeira votação, a cessão ao Instituto Lula de um terreno público avaliado em até R$ 20 milhões na região da cracolândia, no centro de São Paulo.


A votação foi marcada por protestos e bate-boca entre manifestantes e vereadores da base do prefeito Gilberto Kassab (PSD), que ofereceu a área quando estudava apoiar Fernando Haddad (PT) na sua sucessão em outubro.


Pelo texto aprovado ontem, por 37 votos a 10, o Instituto Lula controlará a área por 99 anos e deverá usá-la para erguer o Memorial da Democracia. O projeto ainda precisa passar por segunda votação, prevista para daqui a duas semanas.


O instituto afirma que o memorial será um espaço "aberto e suprapartidário" sobre movimentos políticos e sociais e guardará o acervo acumulado pelo petista na Presidência da República.


A bancada do PSDB, que apoia Kassab mas se opõe ao projeto, prometeu apresentar uma proposta alternativa criando um memorial ligado à prefeitura e sem relação com o ex-presidente.


Caso a ideia seja derrotada, os tucanos estudam pedir ao Ministério Público que recorra à Justiça contra a cessão gratuita do terreno.


Fonte: Folha de S.Paulo/Poder