Notícias

Av. Paulista pode fechar só uma vez por mês
21/08/2015

 

Após ter falado no 'provável' fechamento todos os domingos, Haddad (PT) disse que a gestão estuda outras opções

 

A avenida passará por um segundo teste de bloqueio para carros neste domingo (23); comércio local reclama

(LM)
DE SÃO PAULO

O fechamento da avenida Paulista para veículos poderá ocorrer apenas uma vez por mês, sempre aos domingos. Segundo o prefeito Fernando Haddad (PT), essa é uma das opções em estudo pela gestão.

A avenida, na região central de São Paulo, passará por um segundo teste de uso exclusivo para pedestres e ciclistas neste domingo (23). Um primeiro teste ocorreu em junho, quando milhares de pessoas estiveram no local.

A opção de fechar a via para veículos apenas uma vez por mês surgiu dois dias após o próprio prefeito da cidade ter sinalizado que a decisão mais provável seria transformá-la em uma avenida de lazer todos os domingos.

Essa afirmação de Haddad, porém, foi seguida por fortes críticas da Associação Paulista Viva, entidade que atua como porta-voz de empresários, comerciantes e moradores da região da avenida.

Para a presidente da associação, Vilma Peramezza, o fechamento da Paulista para carros é "marketing" da prefeitura e só traz prejuízos a comerciantes da região.

Nesta quinta (20), em entrevista, o prefeito disse que a comunidade ajudará na decisão. "A própria comunidade vai interagir com a gente, para ver se é bom todo domingo ou uma vez por mês. Vamos testar as hipóteses", disse.

Questionado sobre as duras críticas da associação, o petista afirmou que ouviu relatos "no outro sentido também", de que as vendas do comércio melhoraram em dias em que a avenida ficou fechada aos veículos.

"Existe uma demanda por áreas de lazer aos domingos na cidade inteira. Estamos muito atrasados, inclusive na América Latina, no que diz respeito à apropriação do espaço público", afirmou.

Folha de S. Paulo