Notícias

Bosque do Palácio dos Bandeirantes reúne cerca de 2 mil árvores
21/09/2015

 

Consideradas patrimônio ambiental, árvores nativas e exóticas estão imunes ao corte

 

O Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, está rodeado por jardins com árvores nativas e exóticas. São cerca de duas mil árvores plantadas, marcando com sua florada cada estação do ano.

O jardim - que possui 125 metros quadrados -, conta com diversas espécies, entre elas o Ipê Amarelo (Tabebuia sp), Paineira (Chorisia speciosa), Pau-brasil (Caesalpinia echinata), Jequitibá-Rosa (Cariniana legalis), Araucária (Araucaria angustifólia), Palmeira Jerivá (Syagrus romanzoffiana) e Pau Jacaré (Piptadenia gonoacantha). Além de árvores exóticas como as cerejeiras, pinheiros e flamboyant.

A riqueza desse acervo natural foi reconhecida por um decreto de 1989, que considera patrimônio ambiental e declara imune ao corte todos os exemplares arbóreos do Palácio.

Censo florestal Mundial

O planeta possui aproximadamente 3,04 trilhões de árvores, revelou o mais detalhado censo florestal já realizado no planeta. A nova conta confirma o Brasil como a terceira maior população arbórea do mundo, possuindo 9,9% das árvores do planeta, atrás da Rússia com 21,1% e do Canadá, com 10,5%.

Atualmente, existem 422 árvores para cada pessoa no mundo. O Brasil está acima da média mundial, com cerca de 1.500 árvores por habitante. De acordo com o técnico de departamento de infraestrutura do Palácio dos Bandeirantes, Mauro Barros, manter o verde é manter a vida. "Cuidar das árvores é uma forma de mantermos um ambiente mais ameno, sombrio e refrescante, resultando em um ar puro e mais oxigenado, favorecendo tanto ao homem como aos animais."

SERVIÇO
Palácio dos Bandeirantes
Avenida Morumbi, 4.500, Morumbi, São Paulo
Horário de visita: de terça a domingo, das 10h às 17h (de hora em hora)
Informações: (11) 2193-8282/8623 e monitoria@sp.gov.br
Entrada gratuita

Do Portal do Governo do Estado