Notícias

Eventos marcam as comemorações do Dia Nacional do Livro
28/10/2015

 

Escolhido por marcar a data de fundação da primeira biblioteca do Brasil – a Biblioteca Nacional do Livro, em 1810 –, o Dia Nacional do Livro, comemorado amanhã, 29, terá eventos especiais na Biblioteca de São Paulo e na biblioteca do Parque Villa-Lobos, incluindo programação com escritores e companhias de contação de histórias.

Na Biblioteca de São Paulo, instituição ligada à Secretaria da Cultura do Estado, os eventos estão ocorrendo desde o início da semana. Na terça-feira, por exemplo, realizou-se a oficina Soltando a Língua, com o escritor pernambucano Marcelino Freire, que deu orientações sobre como organizar um livro, criar personagens, valorizar o repertório e o vocabulário.

Outra oficina, Brincando e Aprendendo, programada para crianças a partir de 8 anos, promoveu brincadeiras com letras para os pequenos aprenderem a soletrar brincando.

Enquanto isso, o Clube da Leitura realizou uma discussão da obra Trainspotting, de Irvine Welsh, para incentivar o encontro de pessoas e debates sobre literatura e leitura.

Diversão – Amanhã, ainda na Biblioteca de São Paulo, a partir das 15 horas, as crianças poderão se divertir com a atividade Pintando o 7, que propõe a criação de desenhos e histórias a partir de imagens do livro A mão livre do vovô, de Michel Gorski e Sílvia Zatz. Para os adultos, está programada a atividade Entre Textos, que convidará os participantes a explorar a estrutura de textos com assuntos relacionados ao Pré-Modernismo e Modernismo. O encontro será no auditório da biblioteca, às 15h30.

No dia 30, sexta-feira, às 15 horas, a criançada participa da atividade Hora do Conto, com o livro A sopa supimpa, de Estevão Marques. Às 16h30, começa o Leitura ao Pé do Ouvido, atividade na qual os frequentadores da biblioteca são convidados a ouvir a leitura de trechos de um livro, para conhecer autores, títulos e assuntos. A obra será A paixão medida, de Carlos Drummond de Andrade.

Programas de contação de histórias para bebês e crianças costumam fazer muito sucesso na biblioteca. Por isso, no sábado, no período da manhã e da tarde, ocorrem diversas sessões do Bebelê, atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 3 anos. Às 16 horas, o Hora do Conto traz Márcio Maracajá interpretando a história O filho do ferreiro e a moça invisível, de Ricardo Azevedo. Para conferir todos os horários, programas e obter mais informações, acesse http://bsp.org.br.

Especial – Amanhã, às 15h30, a Biblioteca Parque Villa-Lobos apresenta a obra do escritor Fernando Sabino, no programa Entre Textos. Outra dica é o Clube de Leitura, que selecionou para a discussão a obra O sol é para todos, de Harper Lee, na sexta-feira, às 15h30. Logo em seguida, às 16h30, no Leitura ao Pé do Ouvido, os frequentadores da biblioteca poderão ouvir a leitura de trechos do livro Vidas secas, de Graciliano Ramos. Ainda na sexta-feira, às 15h30, na Hora do Conto, uma atração especial para as crianças: a equipe da biblioteca trará para a história Contos de enganar a morte, de Ricardo Azevedo.

Também na biblioteca do Parque Villa-Lobos, aos sábados, acontece o Bebelê em dois horários: das 10 às 12 horas e das 15 às 15h45. Crianças com dificuldade de audição terão a interpretação em Libras do tema Meu galo, adaptação da música do cancioneiro popular por Elaine Sampaio e Thalita Passos. Será no sábado, às 16 horas, dentro da Hora do Conto Especial. Mais informações em http://bvl.org.br.

DOE, Executivo II, 28/10/2015, p. II