Notícias

Governo de SP anuncia fundo inédito para investimento em infraestrutura
24/11/2015

 

InfraPaulista, iniciativa da Desenvolve SP e da gestora de recursos Brasil Plural, pretende atrair investidores para realização de projetos nos municípios

 

Uma iniciativa inédita no país, que pretende atrair investidores para aplicar recursos em projetos como portos, aeroportos, geração de energia limpa, iluminação pública e transporte sobre trilhos, entre outros, foi lançada nesta terça-feira (24) pelo governador Geraldo Alckmin, no Palácio dos Bandeirantes.

Por meio da Desenvolve SP (Agência de Desenvolvimento Paulista), gestora de fundos Brasil Plural, o InfraPaulista pretende realizar projetos de infraestrutura em municípios paulistas. O fundo de investimento poderá ter patrimônio de até R$ 1 bilhão e receberá projetos a partir de janeiro de 2016.

O evento destacou a marca de R$ 2 bilhões em financiamentos realizados pela Desenvolve SP. "Comemoramos ainda os investimentos para três mil pequenas e médias empresas do Estado através da nossa agência. Capital de giro para investimentos, prédio, máquina e equipamentos beneficiando o desenvolvimento. Especialmente para as pequenas e médias empresas e onde há mais necessidade, desde as Santas Casas de Misericórdia, passa pela avicultura, economia verde, startups, enfim, um trabalho bonito que já foi feito", disse o governador.

Mais sobre o InfraPaulista

Os projetos do fundo anunciado deverão ser elaborados e realizados pela iniciativa privada, precisarão demonstrar sustentabilidade financeira e elevado interesse público, resultando na melhoria da infraestrutura dos municípios paulistas. O retorno do investimento do fundo nos projetos se dará por meio dos modelos de parcerias público-privadas (PPP’s), concessões ou operações exclusivamente privadas.

O InfraPaulista será criado pela gestora de fundos da holding Brasil Plural. Nessa parceria, a Desenvolve SP será o advisor, atuando na apresentação dos projetos de infraestrutura ao fundo, que avaliará a viabilidade e decidirá pelo investimento.

Poderão participar como quotistas investidores privados, fundos de pensão dos municípios (RPPS), fundos de previdência, organismos multilaterais, entre outros. A operação de constituição do fundo e o seu funcionamento são regulados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A escolha do Brasil Plural como gestor do novo fundo ocorreu por meio de edital público lançado pela Desenvolve SP em junho. O gestor é o responsável por analisar a viabilidade técnica e financeira dos projetos, cujo aporte será decidido pelo comitê de investimento do fundo.

Em dezembro, a Desenvolve SP e o gestor percorrerão todas as regiões administrativas do Estado, onde farão uma apresentação do InfraPaulista. A agenda das reuniões e detalhes do funcionamento do fundo estarão disponíveis no site da Desenvolve SP e do Brasil Plural.

Sobre a Desenvolve SP

A Agência de Desenvolvimento Paulista é a instituição do Governo do Estado de São Paulo que financia, por meio de linhas de crédito sustentáveis, o crescimento planejado das pequenas e médias empresas e municípios paulistas. A agência acaba de atingir a marca de R$ 2 bilhões em financiamentos para mais de 1.300 empresas e prefeituras em 246 cidades. Para saber mais sobre a instituição acesse www.desenvolvesp.com.br

Sobre o Brasil Plural

Grupo financeiro nacional criado em 2009 por executivos com mais de duas décadas de experiência no mercado financeiro. Atua como banco múltiplo há três anos, em operações de financiamento, assessoria financeira, gestão de recursos e gestão de patrimônio.

A estrutura do Brasil Plural conta com uma ampla plataforma para distribuição de produtos financeiros, que em 2014 foi reforçada com a aquisição da Geração Futuro, seu braço financeiro no varejo. Com a operação conjunta, atualmente o grupo possui mais de R$ 27 bilhões sob sua gestão. O Brasil Plural conta ainda com sólida estrutura interna de equity research, que produz análises independentes sobre setores da economia e empresas. O banco possui estruturas próprias em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, além de corretora afiliada em Nova York.

Do Portal do Governo do Estado