Notícias

Alckmin afirma que Museu da Língua Portuguesa será reconstruído
21/12/2015

 

Prédio foi atingido por um incêndio de grandes proporções e causas ainda desconhecidas nesta segunda-feira (21)

 

O governador Geraldo Alckmin afirmou que o Museu da Língua Portuguesa, atingido por um incêndio de grandes proporções nesta segunda-feira (21) será reconstruído. "Vamos imediatamente tomar todas as providências, unir de novo a iniciativa privada, os nossos parceiros, para sua reconstrução", disse. Nesta segunda-feira, o museu estava fechado para visitação.

Alckmin também transmitiu condolências à família do brigadista Ronaldo Pereira da Cruz, que morreu enquanto trabalhava tentando controlar o incêndio. "Nossa solidariedade a toda sua família, nosso integral apoio", afirmou. O governador destacou o trabalho do Corpo de Bombeiros, que atuou com mais de 60 viaturas e 102 bombeiros para combater o fogo.

O secretário da Cultura, Marcelo Araújo, disse que a causa do incêndio será investigada e objeto de perícia pela Polícia Técnica. "O Museu foi totalmente afetado, é uma tragédia para o nosso patrimônio a perda do Museu da Língua Portuguesa, que é um dos museus mais visitados do Brasil e que completaria 10 anos em março do ano que vem", afirmou.

Araújo explicou que todo o acervo do Museu é digital e possui cópia, o que permite que seja refeito. "Nosso maior compromisso, como o governador [Geraldo Alckmin] já declarou, vai ser juntamente com todos os nossos parceiros da sociedade civil e da área museológica brasileira começarmos imediatamente um processo de restauração do museu para que ele possa ser reaberto o mais breve possível", declarou.

Segundo o comandante do Corpo de Bombeiros Rogério Bernardes Duarte, as causas do incêndio só serão esclarecidas depois da perícia. O secretário da Cultua disse que o Museu da Língua Portuguesa tinha todos os equipamentos de segurança necessários e em funcionamento.

Do Portal do Governo do Estado