Notícias

SP é pioneiro na criação das Delegacias de Defesa da Mulher
07/03/2016

 

Atualmente são mais de 130 unidades; trabalho ganhou reforço recentemente com a criação da Promotoria de Justiça de Combate à Violência Doméstica

 

O estado de São Paulo é pioneiro na criação das Delegacias de Defesa da Mulher (DDMs). Atualmente, existem mais de 130 unidades espalhadas por todo o estado. A primeira delas foi inaugurada há mais de 30 anos.

As delegacias da mulher são recursos importantes no combate à violência contra a mulher, trabalho que ganhou reforço recentemente com a criação da Promotoria de Justiça de Combate à Violência Doméstica, no dia 21 de julho de 2015.

Segundo o secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, algumas Delegacias de Defesa da Mulher já abrem aos finais de semana. Os boletins de ocorrência de violência doméstica também podem ser feitos em qualquer delegacia e até mesmo pela Polícia Militar, o BOPM, que depois é encaminhado, por via eletrônica, para a delegacia.

Somente nos primeiros cinco meses de 2015, foram registrados 71.565 boletins de ocorrências pelas DDMs de todo o Estado. Além disso, as unidades realizaram 2.263 prisões até maio, de acordo com a Coordenadoria das Delegacias de Defesa da Mulher.

Do Portal do Governo do Estado