Notícias

Sede do Governo paulista recebe evento sobre conservação de oceanos
03/04/2016

 

Alckmin participou do lançamento da conferência ao lado do príncipe de Mônaco

 

Plataforma de discussão sobre os desafios para a proteção dos oceanos, o Monaco Blue Initiative teve início neste domingo (3) no Palácio dos Bandeirantes. O evento, que está em sua sétima edição, foi aberto pelo governador Geraldo Alckmin, que recebeu na ocasião o príncipe Albert II de Mônaco.

A conferência deste ano, sob o tema Sustainable Aquaculture at the heart of Blue Economy (Aquacultura sustentável no coração da economia azul), acontece nesta segunda-feira (4), das 8h às 18h, no Mezanino do Palácio dos Bandeirantes. O evento é exclusivo para convidados, técnicos em sua maioria.

"Estamos muito felizes porque o Brasil está sediando pela primeira vez essa iniciativa do príncipe de Mônaco, Albert II, que trata da questão da aquacultura em todo o mundo", disse Alckmin.

A chefe da Assessoria Especial para Assuntos Internacionais (AEAI) do Governo de São Paulo, Ana Carolina Conde, acredita que a conferência deva favorecer mais ações no Estado nessa direção. "Sabidamente a aquacultura pode ser uma importante aliada na preservação da biodiversidade, principalmente em uma biodiversidade tão complexa como a brasileira", afirmou.

Temas

Nesta edição, serão abordados os seguintes temas: América do Sul e o desafio do desenvolvimento sustentável - Aquacultura: tendências e desafios da sustentabilidade; Sem desperdício, sem poluição, mais valor: a aquacultura na economia circular; Engajar os consumidores e demais interessados para a sustentabilidade; O papel do oceano nas mudanças climáticas e os impactos das alterações do clima sobre os recursos marinhos; Atualizações sobre questões atuais.

A Monaco Blue Initiative é uma plataforma de discussão do Instituto Oceanográfico, Fundação Albert I, Príncipe de Mônaco e da Fundação Príncipe Albert II de Mônaco, presidida por H.S.H. Príncipe Albert II de Mônaco. Anualmente seus membros se reúnem para discutir os desafios globais para a proteção e preservação dos oceanos. O objetivo é criar sinergias entre as partes relacionadas com a proteção dos ecossistemas marinhos e desenvolvimento socioeconômico.

Do Portal do Governo do Estado