Notícias

Cidadania através do acesso à cultura
20/04/2016

 

O Programa Fábrica de Cultura, implantado pela Secretaria da Cultura por meio de contrato firmado entre o Governo do Estado de São Paulo e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), tem como objetivo promover a cidadania plena através do acesso à cultura.


Atividades artísticas e culturais são oferecidas a crianças, jovens e adultos de nove distritos da cidade de São Paulo com baixos índices sociais.


A escolha dos distritos se deu a partir de uma pesquisa realizada pela Fundação Seade, que mediu o Índice de Vulnerabilidade Juvenil (IVJ) em diferentes regiões. Esse índice leva em conta informações sobre crescimento populacional, frequência escolar, gravidez na adolescência e violência entre adolescentes. As localidades já contempladas com Fábricas de Cultura em funcionamento são: Cidade Tiradentes, Itaim Paulista, Sapopemba, Parque Belém e Vila Curuçá (zona leste); Cachoeirinha e Jaçanã (zona norte); Capão Redondo e Jardim São Luiz (zona sul).


As Fábricas de Cultura são complexos culturais de cerca de sete mil metros quadrados, que constituem espaços de intensas atividades artísticas e culturais para a população local, abertas de terça a domingo. A unidade de Vila Curuçá, por exemplo, é freqüentada, a cada mês, por mais de oito mil pessoas. Lá, assim como nas outras Fábricas, são desenvolvidos ateliês de iniciação artística nas linguagens música, artes visuais, artes cênicas, multimídia, literatura, teatro, dança e circo. Cada Fábrica tem salas de aula, biblioteca e uma oferta de mais de mil vagas nos ateliês culturais. Algumas das unidade contam também com teatros para apresentações e sessões de cinema.


Os resultados das atividades culturais e das ações de implantação do Programa serão monitorados e avaliados constantemente, sempre com a intenção de manter um caminho que gere benefícios aos participantes e à população geral dos distritos. Quando se proporciona atividades como as das Fábricas para uma criança ou adolescente, toda a família é beneficiada e acaba sendo atraída para o universo da cultura.


Do Portal do Governo do Estado