Notícias

SP lidera ranking de Estados do Futuro divulgado pelo Financial Times
26/04/2016

 

São Paulo conquistou, pela segunda vez, o primeiro lugar no ranking South American States of the Future 2016/2017 (Estados Sul-Americanos do Futuro 2016/2017), criado pela FDI Magazine, revista editada pelo grupo britânico Financial Times. A revista analisou dados de 133 localidades, enquadrando-as em cinco categorias: Potencial Econômico; Capital Humano e Estilo de Vida; Custo-Benefício; Infraestrutura; e Ambiente de Negócios.

Além de liderar o ranking geral, São Paulo também foi o principal destaque de três das cinco categorias: Potencial Econômico; Capital Humano e Qualidade de Vida em Geral; e Ambiente de Negócios. São Paulo não aparece entre os Top 10 somente em um dos cinco itens analisados (Custo-Benefício).

A mesma classificação havia sido registrada na edição abril/maio de 2014/2015 da revista. Um dos principais critérios para a composição do ranking é a atração de investimentos e a FDI Magazine identificou 870 novos projetos no Estado entre 2011 e 2015, destacando a atuação da Investe São Paulo – Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade, que serve de porta de entrada para as empresas que pretendem se instalar no território paulista ou expandir seus empreendimentos.

A agência fornece, gratuitamente, informações estratégicas que ajudam os investidores a encontrar os melhores locais para seus negócios; presta assessoria ambiental, tributária e de infraestrutura; e facilita o relacionamento das empresas com instituições governamentais e concessionárias de serviços públicos.

De acordo com o estudo, a maioria dos investimentos registrados em cidades paulistas foi na área de software e tecnologia da informação, que corresponde a 17% dos projetos. A publicação menciona ainda os investimentos em pesquisa e desenvolvimento no Estado, que têm crescido desde 2013. Ela destaca que São Paulo concentra o maior número de instituições de ensino superior de todos os Estados considerados no estudo, contribuindo para a boa colocação da região na categoria Capital Humano e Qualidade de Vida. Para conferir o texto completo, acesse http://goo.gl/3fBMWy.

DOE, Executivo I, 26/04/2016, p. IV