Notícias

Alckmin assina projeto para criar a Região Metropolitana de Ribeirão Preto
06/06/2016

 

RMRP será composta por 34 municípios; projeto segue para a Alesp

 

O governador Geraldo Alckmin assinou nesta segunda-feira (6) o Projeto de Lei Complementar que propõe criar a Região Metropolitana de Ribeirão Preto, composta por 34 municípios. O documento segue para Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo para discutir e votar o projeto.

"Assim que a lei for aprovada, a região terá uma ferramenta importante, que é agência metropolitana, que é o braço executivo, além do fundo metropolitano. Com isso, serão articulados projetos para as 34 prefeituras", explica Alckmin.

O projeto da criação da RMRP é resultado de estudos técnicos realizados pela Empresa Paulista de Desenvolvimento Metropolitano (Emplasa), órgão responsável por cuidar do planejamento das regiões metropolitanas. "É uma projeto vanguardista, porque é a primeira região metropolitana fora da Grande São Paulo", acrescentou o governador.

Foram feitas audiências públicas em março e em abril (Mococa (4/4), Jaboticabal (5/4) e Ribeirão Preto (5/4) a fim de apresentar os estudos realizados para a criação da nova Unidade Regional à população, às autoridades, às entidades de classe e às associações civis.

Tais estudos apontaram que a região possui uma economia forte, porque soma o potencial de empresas agrícolas, industriais, de comércio e de serviços, com destaque para os sistemas logísticos em transportes, comunicação e segurança, que passarão a ser planejados e providos de forma conjunta e ordenada regionalmente.

RMRP em números

A Região Metropolitana de Ribeirão Preto será composta por 34 municípios: Altinópolis, Barrinha, Batatais, Brodowski, Cajuru, Cássia dos Coqueiros, Cravinhos, Dumont, Guariba, Guatapará, Jaboticabal, Jardinópolis, Luis Antônio, Mococa, Monte Alto, Morro Agudo, Nuporanga, Orlândia, Pitangueiras, Pontal, Pradópolis, Ribeirão Preto, Sales Oliveira, Santa Cruz da Esperança, Santa Rita do Passa Quatro, Santa Rosa do Viterbo, Santo Antônio da Alegria, São Simão, Serra Azul, Serrana, Sertãozinho, Taiuva, Tambaú e Taquaral.

Com população estimada de 1,6 milhão de habitantes (3,7% do Estado e 0,81% do país), segundo dados de 2014, a Região Metropolitana de Ribeirão Preto deverá ocupar um território de 14,8 mil km² (5,96% do Estado e 0,17% do país). O Produto Interno Bruto (PIB) da futura RMRP também será expressivo, atingindo R$ 48,38 bilhões, de acordo com dados de 2013. Esse valor representa 2,93% do PIB do Estado e 0,94% do PIB brasileiro.

Do Portal do Governo do Estado