Notícias

Rio que margeia Parque Estadual Morro do Diabo recebe 75 mil peixes avelinos
29/06/2016

 

Curimbatás na sua forma embrionária foram soltos na última sexta (24); local da soltura é considerado de extrema importância para a fauna da região

 

Para incentivar a ampliação da biodiversidade, 75 mil alevinos (peixes em sua forma embrionária) de curimbatá (Prochilodus lineatus) foram soltos na última sexta-feira (24) no Rio Paranapanema, que margeia o Parque Estadual Morro do Diabo por cerca de 40 km. O local da soltura foi escolhido por ser considerado de extrema importância para a fauna da região.

Alunos do município de Teodoro Sampaio acompanharam a iniciativa e foram instruídos sobre a importância do repovoamento e preservação dos rios. Eles também puderam conhecer um pouco mais sobre a Unidade de Conservação em um dia de passeio e educação ambiental.

O evento teve o apoio da ONG Ipê e Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Teodoro Sampaio. Os alevinos foram doados pela empresa Duke Energy, como forma de compensação ambiental.

Sobre o Parque Estadual Morro do Diabo

O PEMD foi criado como reserva em 1941, passando para a categoria de parque em 1986. Possui área de 33.845,33 hectares e preserva uma das últimas áreas de floresta de planalto do país. Além de abrigar várias espécies ameaçadas de extinção como o bugio, a puma e a onça-pintada, estima-se que haja no local uma população de cerca de 1.200 micos-leões-pretos. O parque também abriga a maior reserva de perobas-rosa do estado.

SERVIÇO
Parque Estadual Morro do Diabo
Acesso Morro do Diabo – SPV 28 – KM 11 – Teodoro Sampaio/SP
Dias e horários de funcionamento: visitação de terça a domingo 8h às 17h.
Acesso às trilhas do Morro do Diabo, Pedro Bill, Ferrovia-Angelim e Paranapanema somente mediante agendamento prévio
Ingresso: Entrada gratuita
Telefone: (18) 3282-1599
E-mail: pe.mdiabo@fflorestal.sp.gov.br
Para mais informações, acesse http://www.ambiente.sp.gov.br/parque-morro-do-diabo/

Do Portal do Governo do Estado