Notícias

SP vai integrar núcleo federal de policiamento das fronteiras do País
05/07/2016

 

A medida será aplicada em cinco estados e visa combater o tráfico de drogas e armas e o contrabando

 

O Estado de São Paulo vai contar com um núcleo permanente de inteligência e informação, que integrará quatro forças policiais, entre federais e estaduais, para combater o tráfico de drogas e armas e o contrabando. A medida, que será aplicada em cinco estados, foi anunciada no dia 1 de julho, após reunião na sede da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo.

A novidade foi divulgada pelo ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, que participou, em São Paulo, de encontro ao lado do secretário da Segurança Pública de São Paulo, Mágino Alves Barbosa Filho, e dos secretários do Rio de Janeiro (José Mariano Beltrame), Mato Grosso do Sul (José Carlos Barbosa) e do Paraná (Wagner Mesquita de Oliveira), que também criarão o núcleo em seus estados.

Moraes explicou que o objetivo dos núcleos é criar uma atuação conjunta de proteção das fronteiras. Representantes de quatro forças de segurança – polícias Militar, Civil, Federal e Rodoviária Federal - integrarão o grupo em cada um dos estados para possibilitar uma troca de informações e organização de operações sistemáticas e conjuntas. Cada uma das polícias cederá uma equipe e trabalhará em conjunto para somar informações e dados.

O secretário da Segurança Pública destacou a iniciativa do Ministério da Justiça. “Com as polícias trabalhando unidas no combate a essas ações delituosas, a medida está fadada ao sucesso”, disse. “Esse núcleo trará, em breve, resultados positivos a todos os organismos envolvidos e à sociedade brasileira”, completou Mágino.

Do Portal do Governo do Estado