Notícias

Desrespeito a pedestres causa 1.023 multas por dia em 9 meses
16/05/2012

 

Infração comum é falta de seta ao trocar de faixa ou fazer conversão

 

ANDRÉ MONTEIRO
DE SÃO PAULO

Em nove meses de fiscalização, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) aplicou uma média diária de 1.023 multas por desrespeito ao pedestre nas ruas de SP.


As multas são previstas há mais de uma década, mas não eram aplicadas até o lançamento da campanha do pedestre, que completou um ano na sexta. As multas na região central começaram em agosto, e na cidade toda em setembro. O balanço aponta um total de 194,4 mil multas emitidas até o dia 27 de abril.


A infração mais recorrente entre as multas é a falta de seta ao mudar de faixa ou realizar conversões. Também é multado quem não cede a prioridade do pedestre sobre a faixa, em conversões ou que ainda realiza a travessia, o avanço do sinal vermelho e quem para sobre a faixa.


O balanço não inclui as multas aplicadas pela PM.


Em 2011 todo, foram aplicadas em média 36,5 mil multas por dia útil na cidade, considerando todas as infrações. As campeãs são o excesso de velocidade e o rodízio.


O novo balanço de atropelamentos mostra que a campanha continua evitando mortes, mas ainda está longe da meta de reduzir o índice em 50% até o fim do ano.


Na região central, as mortes caíram 38% até fevereiro.


Fonte: Folha de S.Paulo/Cotidiano