Notícias

Rede estadual abre matrículas para alunos estrangeiros
19/07/2016

 

Crianças e adolescentes estrangeiros podem garantir sua vaga para o segundo semestre na rede estadual de ensino de São Paulo. Durante todo o período de férias, as escolas continuam abertas para a matrícula. Mais de 8,5 mil alunos nascidos ou vindos de outros países estudam em unidades da Secretaria Estadual da Educação. A maioria é vinda de países da América do Sul, como Bolívia e Argentina, mas a lista também inclui alunos da Síria, Líbia, Armênia e do Haiti.

Os interessados devem procurar a unidade mais próxima com documento de identidade (passaporte ou RNE – Registro Nacional de Estrangeiro) para fazer a matrícula. Se possível, apresentar um equivalente do histórico escolar do país de origem. Na falta desse documento, as equipes gestoras e pedagógicas podem aplicar prova para identificar o ciclo ideal para o candidato.

Para atender à demanda– a cada ano, maior – de estrangeiros por acesso à rede, a Secretaria da Educação mantém o Núcleo de Inclusão Educacional, responsável por definir diretrizes para a recepção e a adaptação desses alunos. Neste ano, as atividades do segundo semestre (ensino fundamental, médio e EJA – Ensino de Jovens e Adultos) terão início no dia 1º de agosto, com encerramento em 20 de dezembro.

DOE, Executivo I, 19/07/2016, p. I