Notícias

Radares da prefeitura de SP serão integrados ao Detecta
22/07/2016

 

A Secretaria Estadual de Segurança Pública e a Secretaria Municipal de Transportes assinaram convênio para o compartilhamento de imagens e dados de OCR (Optical Character Recognition). A previsão é de que até 900 radares do município de São Paulo sejam integrados, gradativamente, ao sistema Detecta da polícia.

A parceria tem como objetivo a troca de informações dos bancos de dados das câmeras existentes na capital paulista, em posse da Secretaria da Segurança Pública (SSP), Secretaria Municipal de Transportes, Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e São Paulo Transportes (SPTrans), para aumentar a eficiência nos planejamentos de segurança pública e de mobilidade urbana.

De acordo com a SSP, “os primeiros 90 radares começam a ser integrados imediatamente, com a assinatura do convênio. Com o sistema integrado, a Polícia Militar de São Paulo poderá, por exemplo, rastrear o trajeto de um veículo roubado a partir de uma denúncia feita ao 190. Isso vai tornar o combate ao crime mais célere, pois será possível montar bloqueios visando a coibir a ação criminosa”.

Representantes da Secretaria de Transportes, da CET e da SPTrans terão lugar assegurado para acompanhar o trabalho desenvolvido no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) e no Copom, além de acesso ao cadastro de veículos e condutores. Em contrapartida, a Secretaria de Transportes disponibilizará, em tempo real, as imagens e os dados de OCR aos órgãos da SSP, além de providenciar a participação de integrantes da pasta na autarquia e na empresa pública.

A parceria terá validade de cinco anos. Será constituída uma Comissão Paritária de Controle e Fiscalização do convênio, que terá representantes da SSP, diretoria de telemática da PM e do Copom, além de um integrante da Secretaria Municipal de Transportes, da SPTrans e da CET, que se reunirão mensalmente para discutir o plano de trabalho e as adequações requeridas.

DOE, Executivo I, 22/07/2016, p. IV