Notícias

Plataforma digital auxilia alunos na preparação para o Enem
04/08/2016

 

A Universia, maior rede ibero-americana de colaboração acadêmica, acaba de firmar parceria com a Secretaria Estadual da Educação. Agora, mais de 2,5 milhões de alunos da 6ª série do ensino fundamental à 3ª série do ensino médio da rede estadual terão acesso à Universia Enem.

Sem data para expirar e com conteúdo adaptativo, a plataforma digital gratuita de última geração vai auxiliar os estudantes nos estudos e na preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Os professores serão os grandes aliados na missão de incentivar e orientar os jovens na utilização da ferramenta, que possibilita aos estudantes a realização de exames simulados e, na sequência, identificar os pontos que precisam ser melhorados.

Os alunos também terão acesso a um plano de estudos personalizado, completo e robusto, que preencherá todas as lacunas de aprendizado. O aluno poderá utilizar a ferramenta e tirar proveito tanto na preparação para o Enem quanto para o reforço escolar, auxiliando-o a alcançar um melhor desempenho.

Digital – Para o diretor-geral da Universia Brasil, Luis Cabañas, a parceria vai ajudar os interessados nos estudos necessários às provas de modo totalmente exclusivo. “Adequada como preparação para o Enem, a ferramenta poderá auxiliar em outros vestibulares e também no reforço das aulas, pois abrange o conteúdo de todas as disciplinas a partir do 6º ano do ensino fundamental até o último ano do ensino médio”, explica.

A Universia Enem oferece modelos de simulados de oito a 60 questões que podem ser feitos em smartphone, tablet ou computador, a qualquer hora e quantas vezes a pessoa quiser. Para estimular os estudos, o aluno pode acompanhar sua evolução e interagir com outros colegas.

A parceria entre a Universia e a Secretaria da Educação permite a geração de relatórios para acompanhar o desempenho de cada escola participante. A proposta é que os jovens utilizem o contraturno das aulas para fazer a revisão do que foi estudado e esclarecer dúvidas com os professores das unidades de ensino.

Mais de 2,5 milhões de alunos de aproximadamente 5 mil escolas estaduais de São Paulo terão acesso à plataforma. Os professores já receberam materiais informativos para auxiliar os estudantes.

DOE, Executivo I, 04/08/2016, p. II