Notícias

Educação paga reajuste salarial a mais de 21mil servidores
05/08/2016

 

Hoje, 21.396 mil servidores da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo recebem reajuste salarial de até 35%. Têm direito ao benefício professores, diretores, supervisores de ensino e funcionários do quadro de apoio. Todos foram aprovados nas últimas edições da Prova de Valorização do Mérito para os quadros do magistério e de apoio escolar. O mecanismo faz parte da política salarial implementada na rede em 2011. A promoção representa acréscimo de R$ 19 milhões na folha de pagamento deste mês.

A promoção por mérito é aplicada aos educadores que atuam no mesmo cargo ou função há, no mínimo, três anos, e na mesma unidade há pelo menos 876 dias. São exigidos, ainda, 1.728 pontos de assiduidade.

O aumento concedido aos professores e a outros profissionais do quadro do magistério – como diretores e supervisores de ensino – é de 10,5%. Para os agentes de serviços escolares, a evolução salarial é de 20%, e para agentes de organização escolar e secretários de escola, o aumento é de 35%.

As provas de valorização por mérito instituídas pela pasta da Educação proporcionaram, nos últimos anos, aumento salarial para mais de 100 mil professores e servidores do quadro de apoio escolar.

Bônus – Em abril, o Executivo paulista destinou R$ 450 milhões ao pagamento do bônus aos professores e servidores da Secretaria Estadual da Educação. Neste ano, o benefício contemplou 223.875 profissionais, sendo 179.162 docentes.

DOE, Executivo I, 05/08/2016, p. I