Notícias

Tocha olímpica fica exposta no Palácio dos Bandeirantes até 21 de agosto
07/08/2016

 

Quem perdeu a passagem da chama por São Paulo tem a oportunidade de ver um símbolo original na sede do governo paulista

 

O Palácio dos Bandeirantes recebeu no dia 27 de julho uma das tochas que participaram do revezamento da chama olímpica em São Paulo. Durante o revezamento algumas personalidades do esporte, como Jadel Gregório, atleta e secretário adjunto da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude de São Paulo, carregaram o principal símbolo dos Jogos Olímpicos. O objeto estará em exposição até o dia 21 de agosto.

Aberto ao público de terça a domingo, o Palácio dos Bandeirantes tem entrada gratuita, mas é preciso apresentar o RG ou passaporte, no caso de estrangeiros. Grupos com mais de dez pessoas e escolas também são bem-vindos e, nesse caso, é preciso agendar com antecedência.

A chama olímpica percorreu 47 cidades no estado de São Paulo. Foi o estado com maior número de cidades visitadas. O revezamento teve duas etapas, uma que iniciou no dia 27 de junho, pelo município de Presidente Prudente, e, depois de passar pelo Paraná, recomeçou no dia 16 de julho por Itararé. A última cidade paulista visitada pela chama foi Ubatuba, na quarta-feira (27 de julho). Após isso, o símbolo das Olimpíadas seguiu para o Rio de Janeiro.

Chama olímpica

A chama olímpica é uma homenagem aos gregos da antiguidade que inventaram os jogos originais e que tinham uma adoração pelo fogo. Sempre é acesa meses antes dos Jogos com a ajuda do sol em Olímpia, na Grécia, nas ruínas no templo de Hera. De lá é levada até o país onde acontecerá o evento para ser conduzida em um percurso que termina no Estádio Olímpico, onde é acesa a pira.

A segunda tradição, simbolizada pelo revezamento da tocha, refere-se aos mensageiros da Grécia Antiga que viajavam pelas cidades anunciando a data dos Jogos. Além de convidar os cidadãos a irem até Olímpia, os mensageiros proclamavam a "trégua sagrada": um mês antes e enquanto durassem as competições esportivas, todas as guerras em curso deveriam cessar para que atletas e espectadores pudessem participar dos Jogos com segurança.

Acervo Cultural do Palácio dos Bandeirantes

Além de poder ver ao vivo um exemplar da tocha olímpica, os visitantes também poderão apreciar as obras do acervo disponível no Palácio dos Bandeirantes. Estão em exposição pinturas, esculturas e mobiliário que destacam o tema deste ano proposto pelo Conselho Internacional de Museus (Icom): "Museus e Paisagens Culturais".

As obras procuram fazer associações com a natureza, ou seja, a paisagem natural, e a paisagem modificada pelo homem, que inclui os diversos aspectos da cultura.

SERVIÇO
Exposição da Tocha Olímpica no Palácio dos Bandeirantes
Avenida Morumbi, 4.500, Morumbi, São Paulo
Horário de visita: de terça a domingo, das 10h às 16h (de hora em hora)
Entrada gratuita
Mais informações: (11) 2193-8282/8623 | monitoria@sp.gov.br

Do Portal do Governo do Estado