Notícias

“Chassi” das bicicletas será registrado no Boletim de Ocorrência
29/08/2016

 

O cadastro desse dado será semelhante ao que hoje ocorre com os celulares roubados e furtados, que têm o seu número de identificação, o IMEI

 

A partir de agora, as bicicletas roubadas ou furtadas poderão ter o número de série registrado no quadro durante o boletim de ocorrência (B.O). Dessa forma, será mais fácil identificar os produtos irregulares.

"O número que está gravado no quadro da bicicleta vai constar no sistema do Detecta e o patrulheiro, quando estiver na rua com o TMD [tablet], e fizer uma abordagem, consultando o número do chassi da bicicleta, vai poder verificar se a bicicleta é lícita ou não", explicou o secretário de segurança Mágino Alves Barbosa Filho.

O cadastro desse dado será semelhante ao que hoje ocorre com os celulares roubados e furtados, que têm o seu número de identificação, o IMEI (International Mobile Equipment Identity), incluídos nos BOs.

Desta forma, além de inibir esse tipo de crime, a iniciativa ajudará a polícia a identificar o proprietário da bicicleta quando ela for recuperada. A inclusão desse número não será obrigatória para o registro da ocorrência.

No entanto, as pessoas serão aconselhadas e estimuladas a registar e guardar em casa o número de série para permitir a identificação da bicicleta caso ela seja recuperada.

A resolução será publicada no Diário Oficial nos próximos dias.

Do Portal do Governo do Estado