Notícias

Outubro Rosa: saiba como se prevenir do câncer de mama
3/10/2016

 

Medidas como autoexame e redução de tempo entre o diagnóstico e início do tratamento fazem a diferença

 

O Governo do Estado de São Paulo realiza anualmente a campanha Outubro Rosa de conscientização sobre o câncer de mama. Ao longo do mês, o Portal do Governo do Estado divulgará diversas ações estaduais importantes. Para começar, vamos falar de dados alarmantes: segundo o Hospital Estadual Pérola Byington, referência no atendimento à saúde da mulher, o tempo de espera entre o diagnóstico da doença e o início do tratamento é superior a 120 dias, na maioria dos casos. E mais: neste período há progressão de tumores em estágio inicial para avançado e consequentemente ocorre o aumento no número de mortes.

Portanto, a redução de óbitos está relacionada ao tempo entre o atendimento e o diagnóstico da doença. E mais do que isso: a diminuição dessa estatística pode ser alcançada por meio de providências simples como o autoexame e exames médicos regulares.

Ações de sucesso

O Hospital Pérola Byington conseguiu reduzir o tempo de diagnóstico de 90 dias para quatro horas. E de que forma? Os profissionais envolvidos receberam treinamento em atendimento resolutivo para realização de biópsias por ultrassom. A estrutura também recebeu diferenciais: reforma na infraestrutura das instalações e aquisição de novos equipamentos. Com isso, além de reduzir o tempo para os diagnósticos, foi possível ampliar o número de atendimentos. Em 10 anos, os índices de mortalidade diminuíram 19,2%.

Prevenção

O Instituto Nacional do Câncer (IAC) recomenda:

- Conheça o seu corpo e saiba identificar sinais de anormalidade nos seios (autoexame);

- Faça consultas médicas regularmente. Mulheres entre 50 e 60 anos devem fazer exames de mamografia de rastreamento pelo menos a cada dois anos;

- A detectação precoce é a principal medida para o tratamento de sucesso;

- Hábitos saudáveis contribuem para reduzir em até 30% os riscos de câncer;

- Pratique atividade física;

- Alimente-se de forma saudável;

- Mantenha o peso corporal adequado;

- Evite o consumo de bebidas alcoólicas;

- Amamente: amamentar faz bem para o bebê e para as mães.

Sinais e sintomas:

- Caroço (nódulo) fixo, endurecido, e, geralmente, indolor;

- Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja;

- Alterações no bico do peito (mamilo);

- Pequenos nódulos na região embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço;

- Saída expontânea de líquido dos mamilos.

Recomendação:
Procure um especialista caso você identifique qualquer alteração nas mamas. E lembre-se: o câncer de mama só pode ser confirmado por meio de exames.

#OutubroRosa

Do Portal do Governo do Estado