Notícias

Etecs têm R$ 15 milhões para reforma de refeitórios e cozinhas
13/10/2016

 

Unidades terão condições de preparo e distribuição de alimentação nas escolas, sem necessidade de terceirizar o almoço

 

Estado de São Paulo destina R$ 15 milhões para reforma nas Etecs (Escola Técninca Estadual). A verba busca levar independência alimentar para as unidades e assim criar as condições para preparo e distribuição da alimentação dentro das escolas.

O crédito suplementar foi enviado ao Centro Paula Souza (CPS) que, além de investir na alimentação escolar, reformas e adequações de cozinhas e refeitórios das Etecs, também vai investir em softwares para uso educacional.

São R$ 11,2 milhões para custear a refeição terceirizada servida aos alunos do Ensino Técnico Integrado ao Médio (Etim) de 53 Etecs. Desde agosto, essas unidades passaram a distribuir refeição em regime de bufê para atender estudantes que passam o dia todo na escola, além da merenda já oferecida nos intervalos.

Outros R$ 15 milhões extras serão direcionados para a realização de obras de reforma e instalação de cozinhas e refeitórios em 52 Etecs. O objetivo é que um número cada vez maior de unidades tenha condições para o preparo e distribuição da alimentação dentro das escolas, sem necessidade de terceirizar o almoço.

Esse sistema já é a adotado em 157 unidades do CPS que processam e servem lanches e refeições com insumos e merendeiras fornecidos pela Secretaria da Educação do Estado. Para renovação de licenças de softwares utilizados para fins educacionais nas 220 Etecs e 66 Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais, foram liberados R$ 6 milhões.

Do Portal do Governo do Estado