Notícias

Combustível adulterado? Ajude a fiscalizar!
17/10/2016

 

Operação contra fraudes envolve secretarias da Fazenda, Justiça e Defesa da Cidadania e Segurança Pública, Ipem-SP, ANP, Procon-SP e Ministério Público

 

Mesmo com todos os esforços do Governo para combater fraudes em postos de combustíveis, a colaboração da população é sempre bem-vinda e pode ajudar a identificar irregularidades. Portanto, se você desconfiar que o posto em que abastece seu veículo pode ter combustível adulterado, ajude a fiscalizar e denuncie!

Consumidores que se sentirem prejudicados podem registrar a reclamação no Procon-SP por meio do telefone 151; no Ipem-SP pelo 0800 013 0522 ou no Departamento de Polícia de Proteção ao Cidadão (DPCC) no (11) 3338-0155.

"O objetivo é proteger o consumidor para que ele não seja lesado no seu direito com fraude volumétrica, por exemplo, que é quando dizem que foram colocados 30 litros e na verdade foram 28", explicou o governador Geraldo Alckmin, que nesta segunda (17) acompanhou de perto mais uma operação contra fraudes em postos de combustíveis iniciada no Estado de São Paulo.

A força-tarefa contra fraudes envolve as secretarias de Estado da Fazenda, Justiça e Defesa da Cidadania e da Segurança Pública, Ipem-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo), ANP (Agência Nacional do Petróleo), Fundação Procon-SP e Ministério Público.

Do Portanto do Governo do Estado